Sábado, 18 de setembro de 2021
77 99111-1342
Brasil

24/07/2021 ás 07h12 - atualizada em 24/07/2021 ás 07h12

742

Paulo Flores

Bahia / BA

Mulher é arrastada por policial para fora de ônibus após passageiros reclamarem de cheiro de peixe; veja vídeo
De acordo relato de um passageiro que testemunhou e filmou a situação, algumas pessoas estariam incomodadas com o cheiro dos peixes que a mulher levava em uma sacola, e a Polícia Militar teria sido acionada para retirá-la do ônibus.
Mulher é arrastada por policial para fora de ônibus após passageiros reclamarem de cheiro de peixe; veja vídeo
Reprodução/YouTube

Uma mulher foi arrastada por um policial militar para fora de um ônibus após se recusar a descer do veículo. O caso ocorreu na quarta-feira (21) na cidade de Santarém (PA) e foi registrado em um vídeo que está circulando nas redes sociais.

Nas imagens, a mulher aparece sentada junto à janela do ônibus enquanto um policial pede que ele se retire. Ela chora, escorrega pelo banco até cair próximo à escada da porta dianteira. Em seguida, ela é arrastada por outro policial que está do lado de fora do veículo.

Veja vídeo:



De acordo relato de um passageiro que testemunhou e filmou a situação, algumas pessoas estariam incomodadas com o cheiro dos peixes que a mulher levava em uma sacola, e a Polícia Militar teria sido acionada para retirá-la do ônibus.

Em nota, a Polícia Militar informou que a guarnição foi acionada para verificar uma situação de desordem no interior do ônibus. No local, foi verificado que se tratava de uma pessoa com transtornos mentais. E que após retirar a mulher do interior do coletivo, a guarnição acionou o Samu. Após a chegada da ambulância do Samu, a mulher teria sido conduzida para um hospital.

"Nossas guarnições constataram que se tratava de um surto psicótico, a mulher estava amedrontando as pessoas e quebrando algumas coisas que estavam dentro do ônibus. Pra não causar maiores transtornos nossas guarnições tiveram que retirar a mulher de dentro do ônibus e de imediato acionaram o Samu. Existe no nosso Código Penal Militar diversas situações, o artigo 234 diz que o uso de força é indispensável em caso de resistência, desobediência ou tentativa de fuga", explicou o tenente Wagner Neto.

FONTE: Bnews

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2021 :: Todos os direitos reservados