Sábado, 23 de outubro de 2021
77 99111-1342
Política

28/09/2021 ás 19h20

443

Paulo Flores

Bahia / BA

Dezesseis entidades religiosas devem R$ 1,6 bilhão em impostos
O número faz parte de um levantamento feito pela PGFN (Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional) e obtido pelo UOL por meio da LAI (Lei de Acesso à Informação).
Dezesseis entidades religiosas devem R$ 1,6 bilhão em impostos
Marcos Corrêa/PR

Um grupo formado por 16 entidades religiosas deve R$ 1,6 bilhão em impostos, o que representa 81% de todas as dívidas de 9.230 instituições evangélicas, entre elas católicas, espíritas e islâmicas.


O número faz parte de um levantamento feito pela PGFN (Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional) e obtido pelo UOL por meio da LAI (Lei de Acesso à Informação).


Ainda de acordo com o portal, nenhuma dessas entidades deve menos de R$ 20 milhões. O maior devedor é o Instituto Geral Evangélico. Suas 11 dívidas somam o montante de R$ 526.459.771,18.


Logo em seguida vem Ação e Distribuição com oito dívidas que, juntas, chegam a R$ 388.378.508,08. Depois aparece com 42 dívidas a Igreja Mundial do Poder de Deus (R$ 153.703.303,15).


O UOL afirma que as dívidas do Instituto Geral Evangélico são referentes a Fundo de Garantia, imposto de renda, contribuições ao INSS e Cofins.


 Ainda de acordo com a publicação, a igreja Ação e Distribuição foi registrada em 2004 em nome de um funileiro aposentado de 58 anos de Cotia (SP), que faleceu oito meses depois. Segundo a Polícia Federal a igreja nunca existiu e no lugar dela funciona uma academia de ginástica.


Já a Igreja Mundial do Poder de Deus, do apóstolo Valdemiro Santiago, possui multas trabalhistas, como Fundo de Garantia, imposto de renda, PIS e débitos previdenciários.

FONTE: Bnews

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2021 :: Todos os direitos reservados