Sexta, 26 de novembro de 2021
77 99111-1342
Geral

15/10/2021 ás 06h22

351

Paulo Flores

Bahia / BA

Chefe da OMS: Doses de reforço da vacina são imorais e injustas
Apenas 7% da população africana teve acesso à primeira dose de imunizantes
Chefe da OMS: Doses de reforço da vacina são imorais e injustas
Tedros Adhanom Foto: EFE/ Salvatore Di Nolfi

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, classificou como “imoral” a distribuição de doses de reforço das vacinas contra a Covid-19 em alguns países, enquanto os imunizantes sequer chegaram para todo o continente africano.

– O uso crescente de reforços é imoral, desigual e injusto e tem que parar. Começar reforços agora é realmente o pior que podemos fazer como comunidade global. É injusto e também cruel porque não vamos parar a pandemia ignorando um continente inteiro, um continente que não tem nenhuma capacidade de fabricação de outros meios – disse ele, em entrevista à CNN nesta terça-feira (12).
A recomendação da entidade é que haja dose adicional para pessoas imunocomprometidas, mas é contrária à aplicação generalizada do reforço até que a primeira dose se torne mais acessível a outros países.

Tedros apontou que, enquanto a América do Sul, a do Norte, a Europa, a Ásia e a Oceania já garantiram a primeira dose a mais da metade de suas populações, na África apenas 7% das pessoas tiveram acesso à primeira dose.

FONTE: pleno.news

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2021 :: Todos os direitos reservados