Quinta, 27 de janeiro de 2022
77 99111-1342
Bahia

11/11/2021 ás 18h17

399

Paulo Flores

Bahia / BA

Espuma densa do mar invade faixa de areia de praia em Ilhéus, no sul da BA; secretário explica
Secretário do Meio Ambiente diz que caso é comum e ocorre por causa do mar agitado. Sedimentos no fundo do mar se misturam com água e provocam fenômeno no litoral.
Espuma densa do mar invade faixa de areia de praia em Ilhéus, no sul da BA; secretário explica
Espuma espessa é vista na Praia do Marciano, em Ilhéus — Foto: Reprodução/Redes Sociais


Pescadores e banhistas registraram uma grossa espuma na manhã desta quinta-feira (11) na praia do Marciano, no bairro Malhado, que fica na cidade de Ilhéus, sul da Bahia.

O fenômeno, provocado pela chuva, levou materiais orgânicos à superfície e deixou a água com uma coloração escura, conforme explica o Secretaria do Meio Ambiente da cidade.

Segundo o secretário, José Vitor Pessoa, o mar agitado mexeu com os sedimentos que se acumulam no fundo da água. A agitação provoca o que os especialistas chamam de floração.

    “Isso já aconteceu algumas vezes. Aqui na nossa região choveu muito nas cabeceiras nos últimos dias. Então os rios trazem materiais orgânicos e outros, inclusive, baronesas, contribuindo para o surgimento do fenômeno”, explica.


Espuma espessa é vista na Praia do Marciano, em Ilhéus — Foto: Reprodução/Redes Sociais


Espuma espessa é vista na Praia do Marciano, em Ilhéus — Foto: Reprodução/Redes Sociais



O secretário acrescentou que o fenômeno também é causado pela mistura de algas com alguns compostos, como os plânctons. Ao morrerem, eles deixam grande quantidade de material orgânico que atua como agentes espumantes, ou uma espécie de detergente natural, que provocam as espumas.

O secretário José Vitor informou que a espuma é comum em períodos chuvosos, mas o órgão vai avaliar o material. Disse ainda que a espuma se dilui espontaneamente na água.

A secretaria disse que não há perigo às pessoas, mas as amostras serão coletadas para descartar a possibilidade de que a espuma seja nociva ao homem, nem haja risco de poluição do mar.

O material colhido será levado ao laboratório da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

FONTE: g1 Bahia

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2022 :: Todos os direitos reservados