Segunda, 09 de dezembro de 2019
77 99111-1342
Brasil

15/04/2019 ás 19h14

528

Administrador

Licinio de Almeida / BA

Universitária de 20 anos é eletrocutada em festival e morre; caso é investigado
O caso é investigado na 6ª Delegacia de Polícia, da Cidade Nova, na região central. Os responsáveis pelo Terreirão do Samba e pelo evento já foram ouvidos.
Universitária de 20 anos é eletrocutada em festival e morre; caso é investigado
Maria Fernanda Ferreira/Facebook/Reprodução + Puff Puff Bass/Facebook/Reprodução

O corpo da jovem Maria Fernanda Ferreira de Lima, de 20 anos, que morreu após receber uma descarga elétrica em uma festa no domingo (14), no centro do Rio de Janeiro, foi velado na manhã desta segunda-feira (15), no Cemitério de Irajá, na Zona Norte da capital fluminense.



Facebook/Reprodução


O acidente, segundo amigos da vítima, aconteceu por volta das 4h de domingo, quando a estudante de odontologia foi a uma área atrás do palco e encostou sem querer numa barra de ferro energizada.

O choque foi tão forte que a jovem desmaiou em seguida. Ela chegou a ser socorrida para o Hospital Municipal Souza Aguiar, também no Centro, mas teve quatro paradas cardíacas e não resistiu. A Secretaria Municipal de Saúde informou que Maria chegou ao Souza Aguiar já em parada cardiorrespiratória e morreu.

Nas redes sociais, a organizadora do evento, a Puff Puff Bass, publicou nota lamentando a morte da jovem. (Leia abaixo)



A Universidade Veiga de Almeida também manisfestou pesar pelo falecimento de Maria Fernanda, que era aluna da instituição. “Em solidariedade e respeito à aluna e aos colegas de turma, não haverá aulas nesta segunda e terça-feira para os discentes de primeiro e segundo períodos de Odontologia”, disse a universidade, em nota.






Nota de Pesar


A Universidade Veiga de Almeida manifesta seu mais profundo pesar pelo falecimento da aluna Maria Fernanda Ferreira de Lima, ocorrido neste domingo (14).


Em solidariedade e respeito à aluna e aos colegas de turma, não haverá aulas nesta segunda e terça-feira para os discentes de primeiro e segundo períodos de Odontologia.


... Ver mais

 

O caso é investigado na 6ª Delegacia de Polícia, da Cidade Nova, na região central. Os responsáveis pelo Terreirão do Samba e pelo evento já foram ouvidos.

 

 


FONTE: bhaz

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados