Sexta, 20 de setembro de 2019
77 99111-1342
Brasil

21/05/2019 ás 19h30

259

Administrador

Licinio de Almeida / BA

Estudante diz à polícia que esfaqueou colega por sofrer bullying e brigar em jogo de pingue-pongue
Vítima levou 11 facadas no caminho para a escola em Araçatuba (SP). Agressor chegou a fazer um buraco nas folhas do caderno no formato da faca para escondê-la.
Estudante diz à polícia que esfaqueou colega por sofrer bullying e brigar em jogo de pingue-pongue
Jovem fez um corte no caderno para esconder a faca em Araçatuba — Foto: Divulgação/Polícia Militar

 O estudante de 15 anos que esfaqueou o colega da escola 11 vezes durante o caminho para a aula, em Araçatuba (SP), alegou à polícia que cometeu o crime por sofrer bullying e por brigar com a vítima durante um jogo de pingue-pongue, segundo o delegado Getúlio Nardo.

O crime foi em uma rua de terra, que é um caminho alternativo de acesso entre os bairros Porto Real e Ezequiel Barbosa. Os dois se encontraram quando estavam indo para Escola Estadual Ezequiel Barbosa e aconteceu a agressão.

“Pelo o que ele alega é que o menino estava fazendo bullying e vivia perturbando. Afirmou que o menino dizia que ele não conseguia fazer nada, 'zoando' com ele e, por isso, tomou essa atitude. Além disso, falou que teve o problema com o jogo do pingue-pongue, um ganhou do outro e a vítima ficava perturbando. Mas tudo isso vai ser investigado”, afirma.


Justiça interna estudante que esfaqueou colega 11 vezes a caminho da escola em Araçatuba


Justiça interna estudante que esfaqueou colega 11 vezes a caminho da escola em Araçatuba


 De acordo com a polícia, o estudante, mesmo ferido, conseguiu correr e pedir ajuda. Ele foi levado para Santa Casa de Araçatuba.

Em nota, a assessoria de impressa do hospital informou que a vítima levou 11 facadas principalmente nas costas, peito e braços, passou por avaliação médica e já teve alta.

O adolescente agressor também se machucou. Ele chegou a ser levado para o pronto-socorro para ser atendido e depois foi levado para a delegacia.

Posteriormente, por decisão da Justiça, o menor foi transferido ao presídio de Penápolis (SP), onde permanece à disposição da Justiça em local separado aguardando vaga em uma Fundação Casa.

A faca usada pelo agressor estava escondida no caderno dele, que foi achado com recorte nas folhas no formato da faca para encaixá-la dentro.

Em nota, a Diretoria de Ensino de Araçatuba informou que lamenta o ocorrido e vai colaborar com a investigação.


Rua onde o crime aconteceu em Araçatuba — Foto: Reprodução/TV TEM


Rua onde o crime aconteceu em Araçatuba — Foto: Reprodução/TV TEM

FONTE: G1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados