domingo, 22 de setembro de 2019
77 99111-1342
Geral

23/05/2019 ás 16h21

467

Administrador

Licinio de Almeida / BA

Turistas brasileiros são achados mortos no Chile; família viajou para celebrar 15 anos de jovem
Os turistas estavam de férias em um apartamento alugado no Centro da cidade para comemorar o aniversário de Karoliny Nascimento de Souza, que completaria 15 anos nesta sexta-feira.
Turistas brasileiros são achados mortos no Chile; família viajou para celebrar 15 anos de jovem
Família foi ao Chile celebrar os 15 anos de Karoliny (D) (Facebook/Reprodução)

O Itamaraty confirmou nesta quinta-feira (23) que seis turistas brasileiros morreram na véspera (22) em Santiago, capital chilena, possivelmente por inalação de gás. Os turistas estavam de férias em um apartamento alugado no Centro da cidade para comemorar o aniversário de Karoliny Nascimento de Souza, que completaria 15 anos nesta sexta-feira.

O Itamaraty não divulgou o nome das vítimas, mas uma prima comunicou nas redes sociais as identidades.
Noemi Fortunato Nascimento, que mora em Palhoça (SC), informou que as vítimas são quatro adultos e dois menores – o casal Fabiano de Souza, de 41 anos e Débora Muniz Nascimento de Souza, de 38, e os filhos Karoliny Nascimento de Souza, de 14, e Felipe Nascimento de Souza, de 13; que viviam em Biguaçu, na Grande Florianópolis (SC); e o irmão de Débora, Jonathas Nascimento Krueger, de 30, e sua mulher, Adriane Krueger, que moravam em Hortolândia (SP).



Jonathas e Débora, tios de Karoliny, também estavam na viagem (Facebook/Reprodução)


Noemi é prima de Jonathas e Débora.

Segundo o Itamaraty, o Consulado do Brasil soube com antecedência que os brasileiros estavam passando mal e alertou as autoridades locais. Porém, eles já estavam mortos quando os bombeiros e paramédicos chilenos chegaram ao apartamento.

Por telefone, a família teria se comunicado com parentes no Brasil e relatou estar se sentindo mal e não estaria falando ‘coisa com coisa’ ao telefone. O contato aqui no Brasil teria acionado então o Consulado Brasileiro em Santiago, informando que algo estava errado com as pessoas.



Família alugou apartamento no Centro de Santiago (Corpo de Bombeiros Santiago/Reprodução)


Rodrigo Soto, oficial da Polícia de Santiago, confirmou que recebeu um telefonema do Consulado Brasileiro alertando sobre um problema com os brasileiros hospedados em um apartamento no sexto andar de um prédio no Centro de Santiago. Segundo ele, a causa da morte ainda é “uma questão para investigação”. Acrescentou que “informações preliminares apontam para um vazamento de gás”.

O bombeiro Diego Velasquez também confirmou que, quando os socorristas chegaram ao local, os brasileiros já estavam mortos. “Pelo que foi observado, esse acidente deveu-se à ação do monóxido de carbono”. 

O edifício onde ocorreram as mortes fica na esquina das ruas Santo Domingo e Mosqueto, na região conhecida como Bellas Artes, Centro de Santiago. As autoridades ainda não sabem o que causou o vazamento nem por quanto tempo as vítimas respiraram o gás, que seria inodoro.



Vaquinha para traslado dos corpos

A prima de Jonathas e Débora Krueger, Noemi Nascimento, lançou nesta manhã uma campanha on-line para arrecadar recursos para fazer o traslado dos corpos. Segundo ela, a família não tem disponibilidade financeira para o processo.


 

FONTE: bhaz

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados