Terça, 23 de julho de 2019
77 99111-1342
Bahia

13/07/2019 ás 19h26

154

Administrador

Licinio de Almeida / BA

Bombeiros e Defesa Civil descartam risco de rompimento de outra barragem na BA; 1.500 pessoas estão desalojadas
Segundo o governo, outras 400 pessoas estão desabrigadas. Barragem de Boa Sorte fica na cidade de Pedro Alexandre, onde a barragem do Quati se rompeu.
Bombeiros e Defesa Civil descartam risco de rompimento de outra barragem na BA; 1.500 pessoas estão desalojadas
Bombeiros e Defesa Civil descartam risco de rompimento da barragem de Boa Sorte — Foto: Divulgação/GOVBA


O Corpo de Bombeiros Militar e a Defesa Civil da Bahia descartaram o risco de rompimento da barragem localizada no povoado de Boa Sorte, em Pedro Alexandre, cidade onde fica a barragem do Quati, que se rompeu na última quinta-feira (11).

Na noite de sexta-feira (12), técnicos do governo orientaram 80 famílias a deixarem as casas, por precaução, em razão do risco iminente que existia de rompimento do equipamento.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, até este sábado, 400 pessoas estão desabrigadas e 1.500 desalojadas, na região, em decorrência da cheia do Rio do Peixe, que causou o rompimento da Barragem do Quati, e que também atingiu o município Coronel João Sá.

De acordo com o governo, diversas ações continuam sendo realizadas nos municípios com objetivo de oferecer assistência aos moradores.

Todas as barragens e aquíferos da região são monitorados, com o apoio da atuação de 79 bombeiros militares. Além disso, a Defesa Civil tem realizado visitas técnicas em diversas ruas e verificando as casas atingidas, para avaliação de interdição ou condenação das estruturas físicas.


Gestante em trabalho de parto foi transferida de helicóptero — Foto: Divulgação/SSP-BA


Gestante em trabalho de parto foi transferida de helicóptero — Foto: Divulgação/SSP-BA


Gestante é transferida de helicóptero

O Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar socorreu uma gestante, na manhã deste sábado, que começou a entrar em trabalho de parto. A mulher, de 35 anos, grávida de nove meses, foi retirada da zona rural e levada até a área urbana da cidade.

No local do pouso equipes do Corpo de Bombeiros auxiliaram os militares do Graer. Segundo informações das unidades de saúde locais, a gestante será direcionada para o Hospital Municipal na cidade de Antas.


Foto mostra como a cidade de Coronel João Sá, na Bahia, ficou após água de barragem invadir região — Foto: Studio Júnior Nascimento


Foto mostra como a cidade de Coronel João Sá, na Bahia, ficou após água de barragem invadir região — Foto: Studio Júnior Nascimento



Transtornos e prejuízos

Na quinta-feira, após o rompimento da Barragem de Pedro Alexandre, a água deixou a ponte totalmente de Coronel João Sá submersa e invadiu casas que ficam nas proximidades do rio. Os moradores ficaram mais de 18h “ilhados”.

Nas residências mais atingidas, a água chegou a quase dois metros de altura. No início da noite de sexta-feira, o Corpo de Bombeiros aumentou a área isolada em torno do Rio do Peixe, na cidade de Coronel João Sá, por conta do risco de novos rompimentos de barragens na região e da possibilidade de aumento do nível do rio do peixe.

O nível da água do rio voltou a subir durante a madrugada deste sábado (13) e os moradores da região só podem passar pela ponte de Coronel João Sá, que liga o centro da cidade a bairros e povoados da zona rural, com ajuda e monitoramento do Corpo de Bombeiros.

O Governo Federal reconheceu a situação de emergência e calamidade pública das cidades de Coronel João Sá e Pedro Alexandre, na sexta, após o rompimento da barragem do Quati.

FONTE: blogdobahiano

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados