Sábado, 11 de julho de 2020
77 99111-1342
Bahia

26/03/2020 ás 10h46

1.213

Paulo Flores

Bahia-Brasil / BA

Morador de rua apresenta sintomas do coronavírus e não é atendido pelo SAMU por não ter ‘roupa adequada’
O serviço de acolhimento esteve no local mas não localizou o idoso
Morador de rua apresenta sintomas do coronavírus e não é atendido pelo SAMU por não ter ‘roupa adequada’
Foto: Leitora Varela Notícias

Uma leitora do Varela Notícias fez uma denúncia anônima, nesta quarta-feira (25), sobre a situação de um morador em situação de rua, que se encontra na Vila Sabino, no Avenida San Martin, em Salvador, com sintomas do coronavírus.

De acordo com a leitora, no último sábado (21), o homem começou a ter febre, dificuldade de respirar, diarreia e dor no peito. Ainda segundo ela, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) fez três visitas ao local, no domingo, segunda e na última terça, mas no último chamado, a equipe disse que não poderia levar o morador.

Ao VN, a leitora afirmou que a justificativa seria a falta de ‘roupas adequadas’, visto que o homem apresentava todos os sintomas do novo vírus e poderia transmitir para outras pessoas.

No último dia 21, profissionais de saúde do Samu chegaram a solicitar materiais adequados para atender em casos de sintomas do coronavírus. Eles afirmaram que a segurança dos enfermeiros fica desassistida com os equipamentos de proteção individual disponibilizados.

Conforme o Artigo 64, do Código de Ética dos profissionais de Enfermagem, é direito “recursar-se a desenvolver atividades profissionais na falta de material ou equipamentos de proteção individual e coletiva definidos na legislação específica”.

O Varela Notícias procurou a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), responsável pelo Samu em Salvador, para buscar esclarecimento sobre o ocorrido. A pasta informou que estava apurando os chamados para confirmar se houve a situação citada na denúncia. Em nota, a SMS informou que vai apurar a ocorrência junto com o SAMU e que qualquer denúncia e suspeita sobre a doença pode ser contemplada através do setor implantado pela gestão.


Veja nota na íntegra:


A Secretaria Municipal da Saúde esclarece que vai apurar a ocorrência junto ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Vale salientar que esse protocolo não condiz com o que preconiza a instituição, um paciente diagnóstico com coronavírus, Covid-19 seria encaminhado para uma unidade de isolamento para monitoramento do agravo.

Qualquer denúncia e suspeita sobre a doença pode ser contemplada através do setor implantado pela gestão, Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coe), que pode ser contatado através do telefone (71) 3202-1234 ou pelo e-mail (coe.sms.ssa@gmail.com), das 08h às 17h.

O Varela Notícias também entrou em contato com a Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), responsável pelo acolhimento disponibilizado pela prefeitura, para os moradores em situação de rua, durante a quarentena do coronavírus.

Segundo a Sempre, em caso de suspeita da doença, o morador é encaminhado inicialmente à UPA e só pode ser acolhido depois da avaliação médica, como medida preventiva de proteção aos outros acolhidos.

Na tarde desta quarta, uma equipe do Serviço Especializado de Abordagem Social (SEAS) foi até o local sinalizado pela leitora do VN, para acolher o morador, mas afirmaram não ter localizado o homem. De acordo com o SEAS, um comerciante informou que o idoso, de aproximadamente 62 anos, usa o local como abrigo somente durante a noite.

A Sempre informou ao VN que o SEAS fará uma nova visita ao local na noite desta quarta.

FONTE: varelanoticias

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados