domingo, 31 de maio de 2020
77 99111-1342
Geral

06/04/2020 ás 10h46

386

Paulo Flores

Bahia-Brasil / BA

Transportes alternativos usam ônibus e carros pequenos em trecho de viagens para burlar fiscalização pelas estradas
O perigo de pessoas estarem vindo infectadas neste ônibus é grande e com o aperto em carros pequenos o índice de proliferação aumenta mais ainda.
Transportes alternativos usam ônibus e carros pequenos em trecho de viagens para burlar fiscalização pelas estradas
Apesar das barreiras, empresas vem burlando fiscalização.

O site Radar 030 recebeu durante todo o final de semana, várias  denúncias de empresas de transportes alternativos da região,  que estão infligindo decretos de cidades que proibiram a circulação de ônibus oriundos de Minas Gerais e São Paulo. Além disso, uma decisão da justiça Federal de Guanambi também ordenou a paralisação dos serviços do tipo, a qual vem sendo descumprida.
Áudios atribuídos a donos desses meios de transporte circularam nas redes sociais, dando a dimensão do modo de operação.

Diante da situação, a equipe do RADAR 030, saiu em investigação e descobriu um esquema perigoso e audacioso das empresas. Para burlar as barreiras sanitárias, os donos transportam os passageiros oriundo de São Paulo até  um trecho de ônibus. Quando chegam perto da divisa de Minas com a Bahia, onde a fiscalização aumenta,  a estratégia muda. Os passageiros são distribuídos em carros menores e são literalmente desovados pela cidades da região como Guanambi, Pindai, Brumado e Caetité. Outro fato que chama a atenção, são os horários das viagens, que são calculadas para chegarem ao destino  pela madrugada, passando pelas barreiras em horários noturnos.  Rotas de estradas vicinais também estão sendo utilizadas.
Assustados com a onda de coronavírus no estado de São Paulo e Minas Gerais, os passageiros pagam um valor alto na perigosa viagem de volta a Bahia. Além da falta de segurança, os viajantes  estão sujeitos a contrair o COVID 19, já que não há qualquer tipo de fiscalização no embarque ou na chegada.

Apesar das barreiras sanitárias estarem agindo, sabe-se que a fiscalização em torno de carros pequenos é mais branda.
O perigo de pessoas estarem vindo infectadas neste ônibus é grande e com  o aperto em carros pequenos o índice de proliferação aumenta mais ainda.

Autoridades regionais já sinalizam preocupação com a situação. Em Caetité, na semana passada um ônibus foi interceptado pela Polícia Militar e a vigilância em saúde. Na oportunidade, o coletivo tinha destino  a cidade de Livramento de Nossa Senhora com 17 pessoas a bordo. O carro foi conduzido pela PM até seu destino e depois foi apreendido e levado ao pátio da força policial.

O temor da população das  cidades do interior da Bahia é que o vírus chegue justamente por pessoas que estão vindo de regiões mais afetadas e entram  nesses transporte sem qualquer norma de segurança.

FONTE: radar030

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados