Sexta, 29 de maio de 2020
77 99111-1342
Bahia

23/05/2020 ás 11h01

413

Paulo Flores

Bahia-Brasil / BA

Covid-19: Bom Jesus da Lapa endurece medidas restritivas e Eures Ribeiro não descarta ‘lockdown”
A Guarda Civil Municipal com apoio da Polícia Militar vão fiscalizar a aplicação das medidas.
Covid-19: Bom Jesus da Lapa endurece medidas restritivas e Eures Ribeiro não descarta ‘lockdown”
Prefeito Eures Ribeiro Pereira (PSD) (Foto: Reprodução/Vídeo Ascom)

A confirmação do resultado que apontou o terceiro caso positivo para o Novo Coronavírus (Covid-19) no município acenderam o sinal de alerta no Paço Municipal. Imediatamente à confirmação do resultado pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen, em Salvador, o prefeito Eures Ribeiro Pereira (PSD) reuniu a equipe do Comitê de Crise e definiu endurecer as regras para ampliar as medidas restritivas de isolamento e distanciamento social, além de avançar no controle e restrição de entrada de pessoas oriundas de outros Estados e municípios onde o contágio já está disseminado.

Na noite da sexta-feira foi assinado um novo Decreto, publicado no Diário Oficial do Município e que entrou em vigor à zero hora deste sábado (23), determinando o fechamento de estabelecimentos comerciais e de serviços não essenciais e a proibição da realização de eventos, de qualquer natureza, públicos ou privados. Somente poderão funcionar estabelecimentos comerciais e serviços de atividades consideras essenciais [Farmácias, Drogarias e lojas de produtos médicos hospitalares; Hipermercados, Supermercados, Mercados, Mercearias, Açougues, Peixarias, Hortifrutigranjeiros, Quitandas e Centros de Abastecimento de Alimentos (Mercado Municipal); lojas de venda de alimentação para animais e produtos médicos veterinários; Padarias; Postos de Combustíveis; Agências bancárias e Casas Lotéricas; Clínicas Médicas e atividades exclusiva de cuidado e manutenção à Saúde; lojas de insumos agrícolas, materiais agrícolas e de irrigação, e serviços funerários]. Os restaurantes poderão funcionar apenas como delivery.


O prefeito, reforçou que a decisão, já adotada, de proibir a entrada na cidade de vendedores ambulantes na cidade, além de ampliar a fiscalização e prometer adotar medidas administrativas, entre as quais aplicação de multas, para hotéis e pousadas que hospedarem os vendedores oriundos de outros municípios. O transporte alternativo continua proibido e a fiscalização nas Barreiras Sanitárias foi intensificada. Outra medida adotada anteriormente e que vai ser ampliada é a higienização de espaços públicos.

Eures Ribeiro justificou a adoção das medidas anunciadas ressaltando a importância de incentivar o isolamento social, lembrando que já são cem casos notificados e sendo monitorados pela Secretaria Municipal de Saúde e as informações que recebeu dando conta de que o paciente contaminado que esteve na cidade e foi atendido na Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA 24h) não teria respeitado procedimento mínimos de higiene, civilidade e educação, tendo inclusive, “cuspido no chão”, além de ter sido visto em diferentes locais da cidade. “Conseguimos localizar e identificar cem pessoas que tiveram contato com essa pessoa. Elas foram testadas, estão isoladas e sendo monitoradas pela Secretaria Municipal de Saúde. Os resultados devem sair entre oito e nove dias”, pontuou o prefeito.

O risco de contaminação comunitária, ressaltou o prefeito, justificaram as medidas de endurecimento das restrições de circulação de pessoas. O prefeito fez um apelo para que a população observe as recomendações de higienização pessoal, lavando as mãos com água e sabão e usando álcool gel, costumeiramente, além de ficar em casa e somente sair às ruas em caso de extrema necessidade, nesse caso, observando as recomendações para uso de máscara de proteção.

Eures não descartou, dependendo dos resultados dos exames e da evolução de casos e da adesão da população ao isolamento social, de decretar o fechamento total (lockdown) da cidade. O prefeito reconheceu ser uma medida extrema, mas disse que não vai permitir que a disseminação da doença comprometa o Sistema de Saúde e coloque em risco a vida da população.

A Guarda Civil Municipal com apoio da Polícia Militar vão fiscalizar a aplicação das medidas.

FONTE: jornaldosudoeste

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados