Sábado, 04 de julho de 2020
77 99111-1342
Brasil

06/06/2020 ás 17h41

364

Paulo Flores

Bahia-Brasil / BA

Ministério da Saúde vai recontar mortos por Covid-19 por ver ‘dados fantasiosos'
Futuro secretário ligado à pasta afirma que há manipulação por parte de prefeitos e governadores em busca de recursos federais
Ministério da Saúde vai recontar mortos por Covid-19 por ver ‘dados fantasiosos'
Foto: MIGUEL SCHINCARIOL / AFP

O empresário Carlos Wizard, que será alçado ao cargo de secretário da Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde não ficou satisfeito em apenas afirmar que vai focar o tratamento do novo coronavírus (Covid-19) “100% na cloroquina”, apesar de os estudos científicos ainda não estarem claros sobre sua eficácia. Agora, ele declarou que pretende realizar uma recontagem no número de vítimas da doença, por acreditar que os dados atuais são “fantasiosos ou manipulados”.

Até essa sexta-feira (5), o Brasil já havia perdido 35.026 cidadãos para a doença, conforme dados do próprio Ministério, mas Wizard acredita que esses números estão inchados, ao contrário do que dizem pesquisas e até mesmo a pasta, que já afirmaram diversas vezes haver subnotificação pelo país.

“Tinha muita gente morrendo por outras causas e os gestores públicos, puramente por interesse de ter um orçamento maior nos seus municípios, nos seus estados, colocavam todo mundo como Covid. Estamos revendo esses óbitos”, afirmou em entrevista à coluna Bela Megale, do “Globo”.

A estratégia de Wizard de evitar a divulgação de informações vem sendo construída ao longo dos últimos dias. A primeira etapa foi atrasar cada vez mais a divulgação dos números diários, antes feitos no final da tarde, culminando com o horário das 22h. A mudança veio acompanhada de declarações do presidente Jair Bolsonaro de que é para atrapalhar o noticiário do “Jornal Nacional”, da rede “Globo”.

Na noite dessa sexta também foi retirado do ar o site do Ministério da Saúde que trazia informações a respeito da pandemia, no mesmo dia em que já trazia dados inconsistentes sobre a doença.

Segundo Wizard, o governo tem certeza de que o número de mortos no Brasil é menor que os 35.000 divulgados até agora. “Eu acredito que vai ter um dado mais real, porque o número que temos hoje está fantasioso ou manipulado”, completou.

O futuro secretário afirmou que participou da decisão de rever o levantamento e que um balanço atualizado deve ser publicado em um mês.

FONTE: otempo

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados