Segunda, 13 de julho de 2020
77 99111-1342
Brasil

29/06/2020 ás 17h52

601

Paulo Flores

Bahia-Brasil / BA

Menina de 10 anos liga para polícia pedindo cesta básica e militares reúnem doações
A menina de 10 anos, de Alpinópolis (MG), disse ainda que o pedido seria um presente de aniversário para ela e a família, que passa por dificuldades financeiras.
Menina de 10 anos liga para polícia pedindo cesta básica e militares reúnem doações
Polícia Militar faz doação para menina que ligou pedindo cesta básica em Alpinópolis (MG) — Foto: Polícia Militar de Alpinópolis (MG)


A Polícia Militar de Alpinópolis (MG) recebeu uma ligação de uma criança que pedia uma cesta básica, doces e sapatos. Ana Clara, de 10 anos, pegou o celular da mãe escondido e ligou para o serviço de emergência no 190 solicitando as doações. Depois de receber o chamado, os policiais do 3° Pelotão da cidade se mobilizaram e atenderam ao pedido da menina.

O Cabo Juliano Pereira de Souza, que atendeu a ligação, conta que ficou sensibilizado com o pedido. “A gente vem desenvolvendo um trabalho social com a comunidade ao longo do tempo. Isso vem me dando bastante credibilidade para a Polícia Militar, e a ligação dessa menina é um exemplo disso. Ficamos emocionados em ver a confiança que uma criança de 10 anos tem em nós e principalmente no serviço que temos feito aqui”.

No mesmo dia da ligação, os policiais que se comoveram com o simples pedido providenciaram uma cesta básica e levaram até a residência da menina, cuja família enfrenta dificuldades financeiras. Depois disso, divulgaram a ação e mais pessoas da cidade se disponibilizaram a ajudar.

No domingo (28), além de mais mantimentos, os militares entregaram sapatos e doces para Ana Clara e suas irmãs Gabi, de nove anos e Eloá, com sete anos. Ana Clara contou ainda que o pedido seria seu presente de aniversário, pois ela completa 11 anos no dia 31 de julho.

“As meninas ficaram radiantes, muito felizes mesmo e os pais ficaram agradecidos também, mas meio sem jeito quando ficaram sabendo, porque não gostam de pedir. Mas entenderam que a ajuda é bem-vinda pela necessidade”, contou o Cabo.

FONTE: G1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados