Quinta, 06 de agosto de 2020
77 99111-1342
Polícia

11/07/2020 ás 18h02

903

Paulo Flores

Bahia-Brasil / BA

Policial Militar é preso em flagrante após atacar homem que cobrou dinheiro de sua irmã
Soldado fez ameaças de morte e efetuou disparos contra vítima
Policial Militar é preso em flagrante após atacar homem que cobrou dinheiro de sua irmã
Foto reprodução

Um policial militar acabou sendo preso em flagrante após atacar e efetuar disparos contra um homem, que cobrou o pagamento de um serviço de conserto de celular para a irmã do soldado. O caso aconteceu na sexta-feira (10), na cidade de Canaveiras, no sul da Bahia. O PM foi preso em flagrante e está custodiado sob guarda da PM neste sábado (11).
A vítima tem uma loja de reparos de celular e fez um conserto para a irmã do PM há oito meses. Segundo ele, no momento de fazer o pagamento, o cartão da mulher não passou e ele então deixou que ela fizesse o pagamento no dia seguinte.

O homem ainda conta que, meses depois do ocorrido, decidiu cobrar o pagamento, mas acabou sendo bloqueado pela cliente nas redes sociais.

Ele descobriu onde a irmã do policial morava e foi algumas vezes na casa dela para fazer a cobrança do serviço. “Minha mãe foi lá cobrar e ela me acusou de tê-la roubado. Então eu fui na casa dela saber o que eu tinha roubado. Chegando lá, ela já tinha adentrado em sua casa e trancado a porta para não atender ninguém. Chamei pelo nome dela inúmeras vezes, mas sem sucesso”, conta.

Ao voltar para casa, o trabalhador diz que, minutos depois, o policial esteve na porta da residência, onde iniciou uma série de agressões. A vítima estava com a mãe, a esposa, os dois filhos, um de quatro meses e outro de quatro anos, e a enteada de 14 anos. “Ele chegou, nem me disse nada, e veio para cima de mim me dando um soco no rosto. Eu me defendi na hora, daí ele sacou a arma e aconteceu tudo isso aí”.
Em vídeos publicados nas redes sociais, é possível ver o PM ameaçando o homem de morte, sacando uma arma e efetuando disparos. A casa da vítima ficou com as marcas dos tiros.

O caso foi registrado na 7ª Coordenadoria Regional do Interior (Coorpin), em Ilhéus, também no sul da Bahia. André conta que só conseguiu sair da delegacia na madrugada deste sábado (11). O policial, que foi preso em flagrante, teve a arma apreendida.

No registro da ocorrência, o policial afirmou que a irmã dele estava sendo “cobrada de forma agressiva e que estava se sentindo ameaçada”. Ele ainda alegou que não estava tentando matar a vítima agredida.

A prisão do soldado será comunicada ao Ministério Público da Bahia. O caso também foi informado às corregedorias da Polícia Militar e da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). A PM afirmou que aguardará a decisão da Justiça com relação ao caso.

FONTE: varelanoticias

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados